O que é Inbound marketing e as 5 etapas do funil de vendas

Site responsivo: o que é e qual a importância?
O que é site responsivo e qual a importância
5 de abril de 2019
Geração de conteúdo para websites e redes sociais
Geração de conteúdo para websites e redes sociais
8 de abril de 2019
Exibir tudo

O que é Inbound marketing e as 5 etapas do funil de vendas

O que é Inbound marketing e as 5 etapas do funil de vendas

No marketing digital você já deve ter ouvido bastante sobre o Inbound marketing.

A partir disso é normal surgir perguntas como: o que esse tal de Inbound marketing e como utilizá-lo no seu negócio?

Por esse motivo, aqui vamos responder esses questionamentos e também vamos apresentar as 5 etapas do funil de vendas.

O que é Inbound marketing?

Inbound marketing é a estratégia de marketing que atrai a atenção das pessoas para os produtos e serviços através de marketing de conteúdo, marketing de mídia social, otimização de mecanismos de busca, etc.

O principal objetivo do Inbound marketing é criar um relacionamento valioso com os clientes em potencial, fazendo com que a conversão aconteça de forma natural.

O inbound marketing lida com a noção de criar conteúdo que atenda diretamente aos problemas e necessidades de seus clientes ideais.

Além disso, isso ajuda você a atrair leads qualificados e criar credibilidade para o seu negócio.

Fazendo parte da estratégia de Marketing Digital, o inbound marketing usa uma mistura perfeita de Marketing de Conteúdo, Otimização de Motores de Busca e Mídias Sociais para atrair a atenção de potenciais clientes.

Normalmente, uma estratégia de Inbound marketing se utiliza de 5 etapas do funil de vendas.

Atração

1 – Atração

A fase da atração é também conhecida como topo do funil e serve para atrair potenciais clientes.

Então, o objetivo aqui é espalhar a boa notícia sobre o seu negócio ou serviço para que os consumidores descubram suas ofertas.

Anúncios tradicionais impressos, de TV e de jornais costumavam ser as estratégias que as empresas utilizavam para conscientizar o público.

Hoje, as empresas trabalham com o marketing digital, produzindo todo tipo de conteúdo na internet na forma de postagens em blogs, vídeos e anúncios nas redes sociais.

A utilização de técnicas de SEO ajuda a garantir que o seu conteúdo digital esteja bem posicionado nos mecanismos de pesquisa e isso resultará em mais pessoas encontrando você.

Uma campanha diversificada voltada para seu público-alvo deve gerar um volume saudável de leads de qualidade.

2 – Conversão

Agora que você chamou a atenção de clientes em potencial, a próxima fase do funil de vendas deve ser criada para inspirar e incentivar leads interessados ​​a saber mais sobre sua empresa.

Isso pode ser feito em forma de histórias de sucesso de clientes atuais, campanhas de marketing por e-mail, listagens detalhadas de oferta de produtos e serviços.

O interesse de seus clientes em potencial deve aumentar à medida que eles realizam pesquisas on-line e leem análises de produtos e depoimentos de clientes enquanto investigam seu site.

Se feito corretamente, muitos dos seus leads são agora educados e interessados ​​o suficiente para serem considerados verdadeiros prospectos.

3 – Qualificação

Todas as etapas do inbound marketing são cruciais e contribuem para transformar um potencial cliente em gerador de lucros.

Entretanto, a qualificação, também chamada de relacionamento, é quando será tomada medidas definitivas para engajá-lo.

Para isso, disponibilize um boletim informativo no seu site, ofereça e-books, infográficos e até mesmo descontos.

Não importa onde os seus leads possam estar na etapa do funil de vendas sempre torne simples e fácil para eles avançarem no processo e comprar o que você está vendendo.

4 – Venda

Passando pelas etapas anteriores, você vai conseguir fazer a venda indiretamente ou diretamente.

Isso acontece porque você construiu um bom relacionamento com esse consumidor, então ele confia em você e nos seus produtos.

Aqui é necessário prezar pelo bom atendimento, preço, entrega e garantia.

5 – Fidelização

Por último, é preciso fidelizar o consumidor que foi conquistado com todo esforço, para que ele aproveite os benefícios do seu negócio de forma recorrente.

Estratégias de retenção de clientes, como programas de pontos e outros programas de compradores frequentes, podem oferecer à sua base de clientes ofertas e descontos especiais que os recompensam por serem apoiadores de longo prazo.

Incentive-os a segui-lo nas mídias sociais e a se comunique com eles antes do público em geral sobre eventos especiais, vendas de novos produtos e serviços.

Trate-os como um membro interno, fazendo com que eles se tornem ativos dentro do seu negócio.

Conheça algumas estratégias de inbound marketing

Sabendo as 5 etapas do funil de vendas no marketing digital, veja abaixo algumas estratégias de inbound marketing que você pode utilizar.

Criação de conteúdos

O inbound marketing começa com o conteúdo, mas o conteúdo por si só não é suficiente, é tudo sobre conteúdo relevante.

Criar conteúdo relevante é mais fácil se você souber quem é seu público-alvo e o que ele está procurando.

O que você tem quer fazer é criar e compartilhar conteúdo valioso para que seus leitores se beneficiar.

Os consumidores hoje em dia apreciam uma marca que lhes fornecem informações relevantes que eles realmente querem.

E públicos conscientes e instruídos contribuem para melhores clientes também.

Escreva títulos atraentes

Agora, quando você tiver um público ideal em mente, precisará criar um conteúdo que possa atraí-los e isso começa com um título forte.

Mesmo que você tenha um conteúdo brilhante, se você não tiver um título atrativo e atraente, é provável que as pessoas não cliquem nele para abri-lo.

Grandes manchetes direcionam o tráfego do site e, por sua vez, o engajamento.

É recomendável inserir uma palavra-chave relevante e tentar responder a perguntas que seus clientes possam ter.

Tenha páginas de destino atraentes

A melhor maneira de converter os visitantes do site em leads e, por fim, em clientes, é com as páginas de destino.

O Google define as páginas de destino como páginas da Web que servem como ponto de entrada em um site ou em uma seção dele.

É a página em que os consumidores são levados quando clicam no seu apelo à ação.

Mas qual é o objetivo de uma página de destino? Considere seus motivos primeiramente: é para criar leads, fazer com que as pessoas baixem seu aplicativo ou fazer com que eles comprem seu produto?

Consulte as personas do seu cliente para descobrir o que as pessoas querem de você.

Tente projetar suas páginas de destino e criar uma cópia atraente de acordo com isso.

Verifique também se o idioma que você usa não é muito técnico, pois ele deve ser fácil de ler e engajar, levando os clientes a se envolverem ainda mais com seu conteúdo.

Agora que você tem todo esse conhecimento, é o momento de colocar em prática as estratégias de marketing digital.

× Como posso te ajudar?